Translate

sexta-feira, 20 de março de 2015

A4 NUM 0045 DRESS

EM “V” Bom para – é o mais democrático dos decotes, pois fica bem em quase todos os tipos de corpo. Alonga a silhueta e dá um efeito emagrecedor. Bom para baixinhas, gordinhas, mulheres com pouco ou mais busto e com ombros largos. Ruim para – mulheres com pescoço muito longo. Os decotes em “v” mais profundos podem ser perigosos para aquelas com muito busto, pois a “fartura” aparente pode ficar um pouco vulgar. Camisas abotoadas funcionam como um decote em “V” menos profundo.http://ouseserquemvocee.blogspot.com.br/2012/02/dicas-da-maria-ester-o-decote-certo.html

https://www.facebook.com/pages/ModelistA/422942631074981?ref=hl

terça-feira, 17 de março de 2015

A4 NUM 0045 DRESS

Estudo é o tempo que uma pessoa gasta na obtenção do conhecimento. É relativo à análise e avaliação de informações. É o processo de aquisição de saber. O termo teria como raiz, a palavra ODO, que quer dizer: caminho. Portanto, estudo pode ser o processo de escolha do bom caminho para satisfazer um objetivo. Pessoas que gostam de estudar, são consideradas pessoas que pensam no seu futuro, que estão preparadas para enfrentar exames, provas, testes complicados. Estudo é treinar determinadas matérias na realização de exercícios. Por exemplo: Ler umas páginas de um livro e depois fazer exercícios sobre esse mesmo para ficar na cabeça, para aprender — estudar. Pode-se estudar de muitas maneiras, por meios de resumos, leitura, questões cruzadas por outra pessoa procurando auxiliar na aprendizagem, ou compreendendo as partes mais importantes do tema estudado. (wikipédia
https://www.facebook.com/pages/ModelistA/422942631074981?ref=hl

segunda-feira, 16 de março de 2015

A4 NUME 0044 DRESS

Considerado um dos maiores ícones da moda feminina, o vestido tubinho surgiu nos anos 1960, pelas mãos do famoso estilista Yves Saint-Laurent (1936-2008). A novidade causou verdadeiro alvoroço entre as mulheres ao adotar um conceito moderno e extremamente ousado para os padrões da época. Naquele tempo, além dos tradicionais vestidos de renda, o cenário era dominado pelas clássicas saias e vestidos rodados, modelos que, apesar de valorizar o corpo feminino, ainda mantinham a discrição e o espírito conservador de seus antecessores. Já o vestido tubinho, por sua vez, apresentava uma proposta completamente diferente. Com desenhos retos e justos, o modelito destacava as curvas femininas, deixando a inocência de lado e investindo na sensualidade e no poder de conquista da mulher. Dessa forma, mais do que uma peça de roupa, pode-se dizer que o vestido tubinho também representava a independência feminina, ao mesmo tempo em que desconstruía a imagem da mulher como sexo frágil peranteasociedade. http://jornalggn.com.br/noticia/vestido-tubinho-um-dos-modelos-mais-famosos-da-historia

https://www.facebook.com/pages/ModelistA/422942631074981?ref=hl