Translate

quarta-feira, 30 de abril de 2014

PRETINHO

O pretinho básico foi imortalizado por Audrey Hepburn na década de 1960 por causa do guarda-roupa deslumbrante criado pelo estilista Hubert de Givenchy para o filme Bonequinha de Luxo. Mas o modelo passou por vários momentos marcantes na história da moda. No século XIX, virou mania graças à rainha Vitória, que investiu na peça até o fim dos seus dias. O hábito se espalhou pela Inglaterra e Estados Unidos e a cor preta acabou se transformando em sinônimo de austeridade.
Nos anos 1920, a estilista francesa Coco Chanel revolucionou o vestuário feminino ao criar roupas como calças amplas e saias na altura dos joelhos. Em 1926, um modelo de vestido em forma de tubinho preto com sua assinatura foi divulgado na Vogue norte-americana e causou frisson imediato: era prático, chique e moderno.


https://www.facebook.com/pages/ModelistA/422942631074981?ref=hl

Nenhum comentário:

Postar um comentário