Translate

domingo, 28 de junho de 2020

POST No 0526 ASSIMETRICOS

Vestidos Com Corte Assimétrico – Como Usar
Os modelos de roupas que existem mundo afora são muitos, mas desde 2012 os vestidos assimétricos vêm ganhando mais espaço entre as mulheres. Eles são bonitos e valorizam muito o corpo de quem o usa deixando-o com mais curvas e fazendo com que a mulher fique mais sexy.
Assim como qualquer outro estilo de roupa, os vestidos de corte assimétricos precisam de cuidados na hora de vestir, e também como compor com outras peças de diferentes estilos. 
Definir um vestido assimétrico é de certa forma, algo vago já que o que define de fato esses modelos são os seus cortes, que feitos de forma irregulares (que é o mesmo que assimétricos, por isso o nome),fazem com que eles fujam totalmente do que já foi proposto até hoje.





https://www.facebook.com/MModelistA/

quarta-feira, 10 de junho de 2020

POST No 0525 MÁSCARA COM VISOR DE ACETATO


Por que a OMS agora recomenda uso de máscara em público contra covid-19?

O órgão disse que novas informações mostram que elas podem fornecer "uma barreira para gotículas potencialmente infecciosas". Mas a OMS destaca que apenas as máscaras não são suficientes para evitar a disseminação do coronavírus.

Qual é a orientação da OMS?
A entidade disse que sua nova orientação foi motivada por estudos concluídos nas últimas semanas. "Estamos aconselhando os governos a encorajar o público em geral a usar uma máscara", disse Van Kerkhove.
Ao mesmo tempo, a OMS enfatizou que as máscaras faciais eram apenas uma das várias ferramentas que poderiam ser usadas para reduzir o risco de transmissão - e que não deveriam dar às pessoas uma falsa sensação de proteção.
"Máscaras por si só não vão te proteger da covid-19", disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.
Fonte: undefined - iG @ https://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2020-06-06/por-que-a-oms-agora-recomenda-uso-de-mascara-em-publico-contra-covid-19.html




https://www.facebook.com/MModelistA/

quarta-feira, 27 de maio de 2020

POST No 0524 BLAZER MODERNO

TAILLEUR  é o conjunto de saia ou calça com blazer, feitos do mesmo tecido e cor, para o uso feminino. 

TERNINHO é uma versão mais feminina da vestimenta masculina chamada Terno, que é feito com o mesmo tecido as vezes variando a cor e estampa mas é composto de três peças: Blazer, Calça e Colete.

TERNO O terno é um conjunto de calça, paletó e colete. Se você for pensar é até meio óbvio, porque “terno” é sinônimo de “trio”, não de dupla.

COSTUME se “terno” significa um conjunto de três peças, qual é o nome certo para descrever calça e paletó? A resposta é “costume”. É o costume que usamos, em geral, para ir a casamentos, festas e reuniões. Lembrando que as duas peças devem ser da mesma cor, tecido — e padronagem, se houver alguma.

PALETÓ   Trata-se da jaqueta que usamos no terno ou no costume. O paletó é caracterizado pela lapela (aquela parte superior de tecido que fica voltada para fora) e botões frontais.

BLAZER   o blazer, uma opção mais casual ao terno e costume. A diferença entre um blazer e um paletó é que ele não tem calça de conjunto, então você pode combiná-lo com jeans, sarja ou qualquer outro modelo, inclusive uma calça de alfaiataria de cor diferente e até mesmo bermuda.






https://www.facebook.com/MModelistA

quinta-feira, 21 de maio de 2020

POST No 0523 MASK 3D

A Organização Mundial da Saúde (OMS) emitiu novas diretrizes sobre a utilização de máscaras em público para apoiar os países que decidiram implementar o uso desse equipamento de forma mais generalizada.

As orientações destacam que “o uso da máscara por si só é insuficiente para oferecer um nível adequado de proteção”, e que para isso também devem ser adotadas outras medidas, como higienizar as mãos e evitar aglomerações.

A OMS reforça ainda que é fundamental dar prioridade aos profissionais de saúde quando se trata de usar máscaras e respiradores.







https://www.facebook.com/MModelistA/

domingo, 3 de maio de 2020

POST No 0522 VESTIDO FINAL BBB 2020

Vestido de Thelma na final tem 20 mil pedras e custa R$ 3,5 mil _ Modelo do estilista VJ Junior demorou um mês para ficar pronto e foi bordado a mão.
Thelma Assis escolheu um modelo digno de uma campeã para a final do Big Brother Brasil 20 - comprado inclusive antes dela ser selecionada para o BBB. Curto, decotado e azul, o modelo do estilista Gabriel Junior, que assina como VJ Junior, tem 20 mil pedras bordados a mão. Feito em tule ilusion, ele custou R$ 3,5 mil e levou um mês para ficar pronto. Detalhe: estilista e cliente nunca chegaram a se encontrar.
"Acordei com um monte de gente me mandando mensagem e vídeos da Thelma contando que ia usar meu vestido na final. Como eu não sabia qual modelo era, fui ver se tinha o nome dela entre minhas clientes e achei", conta Junior. A médica procurou o atelier do estilista, em Uberlândia, Minas Gerais, no final de dezembro e mandou as medidas - tudo foi feito a distância. "Ela disse que tinha um evento para usar e me passou as medidas e o modelo que tinha gostado. Fizemos tudo via telefone", explica o profissional sobre as mensagens trocadas.





https://www.facebook.com/MModelistA

quarta-feira, 29 de abril de 2020

POST No 0521 MÁSCARA 5

Brasil adota uso de máscaras 
como política de saúde pública
Prefeituras e governos estaduais aplicam regras recomendando ou até mesmo obrigando a adoção deste recurso de prevenção contra a covid-19
O uso de máscaras de proteção facial já vinha sendo apontado como uma medida importante de proteção para evitar a infecção do novo coronavírus. Com a ampliação da pandemia, essa atitude passou a ser tratada como políticas públicas de prefeituras e governos estaduais, com regras recomendando ou até mesmo obrigando a adoção deste recurso de prevenção contra a doença. 
A orientação é que as máscaras de pano sejam utilizadas apenas por pessoas sem sintomas. Já trabalhadores da saúde e pacientes com sintomas devem buscar máscaras de proteção com material adequado.



https://www.facebook.com/MModelistA/


quinta-feira, 23 de abril de 2020

POST 0520 MÁSCARA 04

Começa a valer decreto que obriga uso de máscaras no Rio de Janeiro . Item também passou a ser compulsório em Duque de Caxias e Magé, na Baixada Fluminense, e em Niterói, na Região Metropolitana.
Entrou em vigor no Município do Rio, nesta quinta-feira (23), o decreto do prefeito Marcelo Crivella prevendo o uso obrigatório das máscaras de proteção. O objetivo da medida é conter a disseminação do novo coronavírus.
A regra, publicada no Diário Oficial do município no sábado (18), estabelece multa para quem descumprir a norma. Pessoas físicas não serão multadas, mas estabelecimentos considerados essenciais poderão sofrer sanções caso permitam a entrada de pessoas desprotegidas.
O valor definido para a multa ainda dependia de uma resolução conjunta que seria divulgada pelas secretarias municipais de Saúde, de Ordem Pública e de Assistência Social e Direitos Humanos.



https://www.facebook.com/MModelistA/




sexta-feira, 17 de abril de 2020

POST No 0519 DRAPEADO



Drapeado, é uma palavra derivada de drapear, e tem vários significados e definições possíveis, dependendo da área em que se insere.


Nas artes, é o termo utilizado para a representação artística da indumentária nas artes figurativas, especialmente da que se acomoda ao corpo humano formando pregas, ou adere a este revelando as suas formas de modo similar à escultura grega clássica e que foram imitados na pintura e escultura medievais com maior ou menor esquematização segundo a época.


No design de moda, drapeado é uma complicada técnica da modelagem têxtil na costura, que consiste em drapear, executar ou dispor um tecido de maneira a que ele forme dobras ou ondulações.


O drapeado é técnica ancestral, muito característica das roupas do Antigo império romano e egípcio, como uma forma de decoração estrutural, já que os tecidos usados na altura, principalmente o linho, devido à sua estrutura arrogada, se disponha e mantinha muito bem drapeado.


Em Roma e Grécia Antiga, se impôs o drapeado como base da sua indumentária, através do uso de rectângulos de tecido que se envolviam ao corpo de diferentes maneiras e se seguravam através de fivelas.


Actualmente, é uma técnica regular no design de moda, principalmente nas colecções de Alta-costura dos grandes criadores. Pela dificuldade da técnica é uma das primeiras técnicas ensinadas em confecção e modelagem, nas escolas de moda.


https://www.facebook.com/MModelistA/

POST No 0518 MANGAS BUFANTES

A volta das mangas bufantes
Clássicos, dramáticos e exuberantes, os modelos chegam reinventados
Dramáticas e clássicas, as mangas bufantes vêm diretamente dos anos 1980 e estão voltando à moda, reinventadas. Em um ensaio colorido, combinamos o modelo a peças luxuosas. É fácil explorar texturas, cores e tamanhos nas mangas. Basta escolher uma combinação à altura.




https://www.facebook.com/MModelistA/

quarta-feira, 8 de abril de 2020

POST No 05016 CALÇA

Kimonos de judô e jiu jitsu: qual a diferença? Você sabe a diferença entre os kimonos de Judô e Jiu Jitsu? Muita gente não sabe, mas são muitas! Vamos começar pelas medidas e modelagem: No Judô a regra exige que o o kimono seja maior, mais largo, proporcionando assim mais pegada ao adversário. O blusão tem costura nas costas e a parte de baixo é chamada saia (aquele tecido com desenho de losango). No Jiu tambem existe uma medida limite de largura das mangas e calças, além do comprimento de calça e blusão, mas mesmo assim ainda são menores que os kimonos de judô. O kimono fica mais justo no corpo, o tecido do blusão é todo trançado, sem a costura nas costas, já que a maior parte da luta ocorre no chão e o volume da costura pode incomodar.
O tecido do kimono para judô geralmente é mais pesado, grosso. A luta exige demais do tecido, onde as pessoas são literalmente agarradas e arremessadas pelo kimono. No Jiu, quando o lutador vai se pesar para uma competição, já pesa vestindo o kimono. Quanto mais leve, maior a vantagem no peso corporal. O judô carrega a fama de ser mais tradicional, e pelas regras da Federação Internacional de Judô, o kimono é mais “clean”. No Jiu Jitsu também existe regras, mas temos mais opções de “enfeitar” o kimono. Tanto no Judô quanto no Jiu, as cores oficiais são o branco e o azul royal. Para treinos, no jiu jitsu o kimono preto tambem é muito usado e em algumas competições não oficiais pode ser liberado o uso. Você ainda vai encontrar muitas outras cores de kimonos de jiu jitsu, como vermelho, verde, azul marinho, camuflado, verde, marrom, amarelo… mas são liberadas apenas para treinos. Agora que você já sabe a diferença, é só escolher a academia, a modalidade e ir treinar!
http://blog.kimonosdragao.com.br/diferencas-entre-os-kimonos-de-judo-e-jiu-jitsu/




https://www.facebook.com/MModelistA/

terça-feira, 7 de abril de 2020

POST No 0515 VESTIDO CONVERSÍVEL

vestidos conversíveis, são o mesmo modelo. Quem compra, tem a opção de usá-lo da maneira que achar melhor, e de acordo com a ocasião e sua necessidade.







https://www.facebook.com/MModelistA/

domingo, 5 de abril de 2020

POST No 0514 MASK 2 MAIS JUSTA

Afinal, quem deve usar máscaras para evitar o coronavírus?
A recomendação para o uso do equipamento de proteção individual mudou esta semana após pronunciamento do ministro Luiz Henrique Mandetta.ada para médicos, profissionais de saúde e pessoas testadas positivo para o novo coronavírus, as máscaras agora são indicadas para toda a população. A mudança na orientação ocorreu nesta semana após fala do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandeta. Com a virada na recomendação, as pessoas se questionam: afinal, quem deve usar as máscaras de proteção individual para evitar a contamiação da covid-19?
Quem deve utilizar as máscaras?
Dr. Fernando Gomes Pinto: Todo mundo deve usar a máscara. Isso vai ajudar a gente a transmitir menos o vírus. Antes, a recomendação era para pessoas com sintomas do novo coronavírus ou com sintomas de gripe. Isso mudou. Se pessoas assintomáticas estão com os vírus, logicamente elas não vão apresentar sintomas, mas vão transmitir a doença para outras pessoas. É isso o que a gente tenta bloquear com o uso da máscara, já que não há como testar todo mundo e medir a velocidade do vírus.




https://www.facebook.com/MModelistA/

sábado, 4 de abril de 2020

POST No 0513 MASK COVID 19


CORONAVÍRUS

Afinal, quem deve usar máscaras para evitar o coronavírus?

A recomendação para o uso do equipamento de proteção individual mudou esta semana após pronunciamento do ministro Luiz Henrique Mandetta.ada para médicos, profissionais de saúde e pessoas testadas positivo para o novo coronavírus, as máscaras agora são indicadas para toda a população. A mudança na orientação ocorreu nesta semana após fala do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandeta. Com a virada na recomendação, as pessoas se questionam: afinal, quem deve usar as máscaras de proteção individual para evitar a contamiação da covid-19?

Quem deve utilizar as máscaras?

Dr. Fernando Gomes Pinto: Todo mundo deve usar a máscara. Isso vai ajudar a gente a transmitir menos o vírus. Antes, a recomendação era para pessoas com sintomas do novo coronavírus ou com sintomas de gripe. Isso mudou. Se pessoas assintomáticas estão com os vírus, logicamente elas não vão apresentar sintomas, mas vão transmitir a doença para outras pessoas. É isso o que a gente tenta bloquear com o uso da máscara, já que não há como testar todo mundo e medir a velocidade do vírus. 

sexta-feira, 3 de abril de 2020

POST No 0512 CINTURA BAIXA

O que a volta da cintura 
baixa nos ensina sobre moda e estilo
A moda é cíclica e é comum que algo que já tenha sido tendência volte às passarelas e às vitrines, e depois de vários itens dos anos 80, 90 e 2000, a cintura baixa (com o cós abaixo do umbigo) é a “nova” moda. Vi várias pessoas reclamando dessa volta da calça de cintura baixa, porque além de ter deixado o corpo de muitas mulheres deformado (sem cintura e com aquele excesso de gordurinha dos lados), mas achei super positivo por um lado: As pessoas entenderam que não é só porque está na moda que elas precisam aderir. Mas, antes de falar da cintura baixa em si, preciso explicar algumas coisas sobre moda e estilo. Aliás, com os top cropped cada vez mais curtos, era de se esperar que as calças, saias e shorts aparecessem com a cintura mais baixa para deixar ainda mais pele à mostra. Como tudo que volta pra moda, a cintura baixa também voltou repaginada, ou seja, ao contrário do que acontecia nos anos 2000, a ideia hoje é você coordenar peças mais cobertas, ou seja, já que está mostrando a barriga, cubra os braços ou as pernas, ou o decote, por exemplo.


https://www.facebook.com/MModelistA/